A Xilogravura está na moda: vestuário, folkmarketing e desenvolvimento local na feira de artesanato de Caruaru PE

Maria Luciana Bezerra da Silva, Severino Alves de Lucena Filho

Resumo


Através da análise dos usos da Xilogravura Popular nordestina inserida como adorno em produtos de Moda comercializados na Feira de Artesanato de Caruaru PE, se buscou compreender como ocorre o processo folkcomunicacional nesta convergência. Descrevendo como os feirantes se apropriam da linguagem xilográfica enquanto elemento comunicacional e mercadológico no contexto do Folkmarketing, e avaliando como este cenário contribui para o Desenvolvimento Local através do envolvimento dos sujeitos, além das possibilidades de geração de emprego e renda. A pesquisa foi realizada em duas etapas, a primeira de ordem bibliográfica seguida pela coleta de dados em campo. Revelou-se que os usos e significados atribuídos à Xilogravura permanecem atrelados às representações da cultura local, porém, tornaram-se evidentes as influências do global nas criações, personificadas pela inserção de elementos da cultura de massa, o que resulta em figuras híbridas, por fim, foi caracterizado um cenário complexo onde se articulam tradições e modernidades.

Texto completo:

PDF